Hackers invadem grupo de mulheres contra Bolsonaro, mas tiro sai pela culatra


Fonte: www.esmaelmorais.com.br

O grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”, que contava com mais de dois milhões de integrantes, começou a sofrer ataques de hackes na quinta-feira (14). O grupo foi invadido e o nome foi trocado para “Mulheres Com Bolsonaro”. O reação das … Continue lendo

Fonte Blog Esmael Morais Clique Aqui para LER MAIS
: Esmael Morais

Have any Question or Comment?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *